História

1997, o começo de tudo  

Evaldo, primeiro presidente do clube.

 

Em 1º de janeiro de 1997, nasce o clube que se tornou o URSO de Mundo Novo. O primeiro presidente do clube foi o empresário Evaldo, proprietário da Farmácia São Paulo. No início o uniforme do clube era vermelho e branco, com meiões pretos.


2000, o início da era profissional

Em pé: Tostão (preparador físico), Gil, Clodoaldo, Gildo, Joel, 
Nery e Valinho (supervisor). Agachados: Bugica, Carlinhos,
 Veras, Marmita, Testinha e Polaco.

Em 2000 o clube se profissionaliza e ganha o Urso pardo como símbolo. Diante da divisão política do município de Mundo Novo, o recém empossado presidente, radialista Valdomiro Sobrinho, decide acrescentar o azul as cores oficiais do clube. Assim, o clube passa a ser tricolor, com a intenção de aglutinar toda a população (dividida politicamente entre o azul e o vermelho) ao novo clube. De bate – pronto a torcida mundonovense, e do Conesul, adota o “Urso” com carinho e a novidade – time profissional – é recebida com estádio cheio. De um grupo de seis equipes, no Campeonato Estadual de Futebol de MS, o Urso não se classifica para a 2ª fase, depois de um estréia épica (5×0) contra o Operário de Dourados (2 gols de Bugica, 2 de Carlinhos e 1 de Jandaia), mas finca raízes no coração dos torcedores.

———————————————————————————————————————————————————————————-

2001, quando o URSO mudou de Toca

Em pé: Jacaré (massagista), professor Hélio (preparador físico), Eder Girafa,Jacaré, Marmita, Barbosa Jr (repórter, Pantanal FM), Wesley, Luis Eduardo,Gelson Moreira (ex-prefeito, in memorian) e Valdomiro Sobrinho (técnico).Agachados: Cigarrinha, Jandaia, Paulinho Tacuru, Zé Carlos, Tupy e Celsinho.

O amor dos mundonovenses e da região Conesul, além dos vizinhos paranaenses, faz com que o Urso continue firme na sua busca de se solidificar no cenário estadual do futebol sul-matogrossense. Para não perder a vaga na 1ª divisão, o município de Iguatemi recebe o tricolor do Conesul. Inclusive, a estátua do clube, um grande URSO construído pelo artista plástico Altair Fachetti, é levada para Iguatemi. O prefeito Gelson Moreira (in memorian) e a população iguatemiense apóiam o time, que faz uma campanha razoável no Campeonato Estadual.


2002, o ano do quase

Depois de dois anos fazendo campanhas regulares, o tricolor do Conesul fica muito perto de se classificar para a 2ª fase do Estadual de Profissionais. A equipe, novamente sediada em Iguatemi, perde a classificação, em casa, na última rodada, contra a Pontaporanense. O choro dos torcedores e no vestiário, na companhia dos colaboradores, até o prefeito Gelson, mostram como o sonho ficou perto de ser realizado.


2003, o único título profissional do clube

URSO, Campeão da Copa MS – Em pé: Bebezão, Didão, Jéfão, Bruno, Paraguaio, marmita e Sílvio. Agachados: Giba, Vaguinho, Ìgor, Paulinho Tacuru e Zé Carlos.

O Urso volta para Mundo Novo. A 1ª fase do Estadual é responsável pela pior campanha do clube até então. Diante disto, o Urso, e mais cinco equipes, são obrigadas a disputar a Copa MS (uma espécie de Torneio da Morte). Os dois primeiros permanecem na 1ª divisão e os demais caem para a Série B. De uma forma impressionante o tricolor do Conesul se sagra campeão da competição.

Categoria de Base começou em 2003

Sob o comando técnico do professor Hélio Santos, se tem início o trabalho nas Categorias de Base do clube. Carinhosamente chamado de Ursinho, o Mirim se sagra campeão da Copa Conesul.

———————————————————————————————————————————————————————————-

2004, o ano em que o Urso virou URSO

Em pé: Valdomiro Sobrinho (técnico), Reco, Jéfão, Bruno, Giba e Gildo. Agachados: Jandaia, Cigarrinha, Paulinho Tacuru, Zé Carlos e Testinha.

Diante da constatação de que o clube é conhecido pelo nome Urso, e não Atlético, como seu nome original (Clube Atlético Mundo Novo), o clube passa a adotar seu nome fantasia de União Recreativo Social Olímpico. Desta feita o nome Urso passa a ser escrito em letras garrafais (URSO). Dentro de campo, o URSO faz bonito e conquista um 6º lugar convincente no Estadual, melhor colocação até então


2005, pertinho da Copa do Brasil e do Brasileiro

Weverthon (prep. físico), Valdomiro Sobrinho (técnico), Cigarrinha, Jacaré,  Marcão Goiano, Giba e Saci.  Agachados: Jandaia, Wesley, Paulinho Tacuru, Bruno, Marcão e Petróleo.

Em 2005 o URSO de Mundo Novo ficou em 4º lugar no campeonato estadual, pertinho de uma vaga na Copa do Brasil e do Brasileiro da Série C (os dois primeiros garantem vaga). Times grandes sentiam dificuldades de ganhar do tricolor na Toca do URSO. Em 2005, o clube perdeu apenas para o CENE em seu estádio.


2006, o ano da superação

Em pé: Oliveira (prep. físico), Jibóia, Michel, Mineiro, Marmita, Jacaré e Gildo; 
Agachados: Giba, Quevedo, Jandaia, Wesley e Didão.

Em 2006 o clube passa por sérias dificuldades financeiras e só não desiste da competição pela bravura do seu presidente, Valdomiro Sobrinho. Com apenas 20 mil reais para todo o Estadual, o clube monta uma estrutura semi-profissional, e mesmo assim surpreende, se mantendo na Série A em 7º lugar (dentre 10 participantes). Os dois últimos foram rebaixados.

Escolinha do URSO volta em 2006

Em 2006, depois de um período inativo, as Categorias de Base voltam a ser trabalhadas. Mais uma vez Hélio Santos é o responsável técnico pela, agora, Escolinha do URSO.


2007, só Categorias de Base

Mirim – Em pé – Léo, André, Adriel, Calango, Brandão e Miqueias.Agachados – Antônio, Luquinha, Jorge Henrique,Guilherme e Cleiton.

Em 2007 o clube é obrigado a se licenciar do Campeonato Estadual, perdendo assim a sua vaga na Série A. O tricolor fica apenas com os trabalhos nas suas categorias de base. Com ida de Hélio Santos para Umuarama, na equipe profissional do AFA, a Escolinha do URSO passa a ser coordenada por Jandaia, ex-atleta do clube, e conquista a Copa Pantanal (categoria Mirim).


2008 e a Base disputa seu primeiro Estadual

Garotada, depois do título de Campeão Geral do Conesul, fez a festa na piscina do presidente do clube.

Novamente o URSO ficou inativo na sua área profissional. Porém, a garotada continuava ativa na escolinha. Para coroar o ano de competições regionais, o clube disputa o Estadual Sub-18. Em um grupo de quatro equipes, o URSO fica em 3º lugar, a frente do Naviraiense e atrás de 7 de Setembro (Dourados) e Àguia Negra (Rio Brilhante), e não se classifica, mas planta sementes que darão frutos. Na Copa Conesul se sagra campeão nas categorias Mirim e Juvenil e leva o título de campeão geral do campeonato.

Sub-18: Em pé – Alexandre, Javier, Washington, Fabiano, Reginaldo e Jandaia (técnico). Agachados – Marcelo, Luiz Fernando, Tiago, Caique, Leandro e Adriano.

———————————————————————————————————————————————————————————-

2009, vice-campeão da Série B


Em 2009 o URSO de Mundo Novo volta a disputar o Campeonato Estadual de Profissionais. Voltando na Série B o clube sobe invicto, perdendo apenas na 2ª partida da final contra a SERC (Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão). Atletas que disputaram o Estadual Sub-18 no ano anterior fizeram parte desta conquista (Calebe, Deivid, Wagner, Miller, Leandro, Gilmar).

Categorias de Base vira nome oficial

Em pé – Rodrigo, Oscar, Halisson, Lucão, Marcelo, Caique, Brandão, Polenta, Calebe, Cleiton e Júlio César. Agachados – Paulo César, Douglas, Adriel, Márcio, Ronaldo, Tiago, Luquinha, Bruno, Jandaia (técnico) e Calango.

Em 2009 o clube deixa para trás o “Escolinha do URSO” e passa a usar o “Categorias de Base do URSO”. Isto, segundo o coordenador das categorias de base, Jandaia, para valorizar os atletas e esquecer os diminutivos que incomodam os atletas. Dentro de campo o clube disputa o Estadual Sub-16 e se sagra campeão da Região Sul. Na fase final, termina o Estadual em 5º lugar. Depois de nove anos e meio o radialista Valdomiro Sobrinho, aclamado Presidente de Honra, passa o posto de presidente para o novo eleito, Jandaia.


2010, de volta a Série A

 

Em pé: Leandro Paraíba, Mineiro, Gica, Calebe, Jacaré e Wilson (Pantanal FM); Em baixo: Uderson, Renan, Giba, Jandaia, Deivid, Rodrigo Almeida e Zé Teka (massagista)

De volta a Série A, o URSO não faz uma boa campanha, mas consegue na última rodada, em Mundo Novo, permanecer na primeira divisão. Usa atletas da sua base, além de formar novos profissionais, neste campeonato. Boa parte do grupo vice-campeão no ano anterior continua no clube. Fora de campo o clube evolui e oficialmente (razão social) passa a ser chamado de União Recreativo Social Olímpico. Um site, um hino e um programa de angariar sócios são colocados em prática.

Base disputa o Estadual Sub-16 e Sub-14

Sub-16: Em pé – Ronaldo, Lucão, Victor, Cleiton, Calango   e Jandaia (técnico). Em baixo – Marcinho, Tiago, Halisson, Márcio, Paulo César e Bruno.

Na sua Categoria de Base o clube disputa pela primeira vez dois campeonatos estaduais. No Sub-16 fica em terceiro, em um grupo de quatro, na fase classificatória e não repete a grande campanha do ano anterior. No Sub-14 também não consegue a classificação na 1ª fase.


2011, Investimento Recorde

Em pé: César Filho (repórter Pantanal FM), Ronildo Batalha, Miquéias, Kanu, Júnior Camaçari e Jhonatan. Agachados: Jandaia, Reginaldo, Ednaldo, Mailson, Careca e Kel. Vitória do URSO no Ninho da Àguia.

Em 2011, o clube fez um contrato com a empresa Trans Encomendas Medeiros, representada pela Cruzeiro do Sul Produções. O URSO não fez feio no Estadual. Depois de conseguir se manter na Série A em 2010, o clube teve na referida empresa o caminho para um alto investimento no seu Departamento Profissional. Uma equipe competitiva se montou e o clube conseguiu pela primeira vez passar para a 2ª fase em um Estadual Série A. Não foram as melhores colocações do clube na história, já que na era dos pontos corridos o URSO foi 6º em 2004, 4º em 2005 e 7º em 2006. A desclassificação para o CENE nas quartas-de-final, rendeu ao clube um 8º lugar. Nas suas Categorias de Base muitas conquistas com a sequência do trabalho no Futebol de Campo, que conquistou um 5º lugar no Estadual Sub-13 e o título Infantil (Sub-14) da Copa Pantanal. 2011 foi um marco na história das categorias de base do clube, já que as modalidades de Futebol de Areia, Futsal, Atletismo, Judô e Karatê foram disponibilizadas. Outro grande destaque foi a aquisição do meio e fundista profissional Márcio Ferreira Torres.

Fundista Márcio Ferreira Torres.

Equipe Sub-13 ficou em 5º no Estado. Flagrante da etapa de Caarapó, vencida pelo URSO.


2012 e o URSO ruge (fora da Toca)

Na Copa Pantanal de Futebol de Base o
clube foi o Campeão Geral.

 

O fundista Márcio F. Torres e resultados
expressivos em 2012.

 

Roger Paranhos, Victor Nunes, Jhonatan, Thiago, Evandro, Everthon e Marcão Paraná (Auxiliar Técnico); Edson Pelé, Rancharia, Amarildo, Jandaia e Guilherme. Time Base: Roger, Pelé, Thiago, Everthon e Jhonathan; Guilherme, Evandro, Victor Nunes e Jandaia; Rancharia e Amarildo. Técnico: Carlos Nunes.

O ano de 2012 foi diferente para o URSO no Estadual de Futebol profissional. O clube conquistou 80% dos seus pontos fora de casa. Fora de Mundo Novo foram vitórias importantes contra o 7 de Dourados e o Àguia Negra de Rio Brilhante (que se tornou campeão). Empates fora de casa ainda contra Naviraiense (que chegou à final) e Colorado de Caarapó. Já na Toca do URSO foram dois empates e quatro derrotas, o que custou ao clube a desclassificação à 2ª fase. Graças ao bom desempenho fora o clube se manteve na Série A (o rebaixado do grupo foi o Colorado). Nas Categorias de Base o URSO disputou no futebol o Estadual Sub-16 e os regionais Copa Conesul e Copa Pantanal (se sagrou Campeão Geral). Nas Artes Marciais o atleta Felipe representou o clube no Estadual de Judô. No Atletismo o destaque Márcio Ferreira Torres continuou disputando provas de média e longa distância (10 Km, 21 Km e 42 Km) e levando o nome do URSO em vários locais do estado do Paraná e Mato Grosso do Sul.

 

Estadual Sub-16 (1ª fase) foi em Ivinhema.


2013 e o URSO ruge em Mundo Novo, mas fora…

Time voltou a empolgar o torcedor em Mundo Novo, mas fora não repetiu atuações de 2012 e 2011.

2013 foi ao ano em que o URSO voltou as suas origens. Rugiu alto em Mundo Novo mas não teve o mesmo vigor fora de casa. A sua equipe profissional, depois de passar dois anos atípicos (2011 e 2012), em que conseguia grandes resultados fora de casa e outros nem tanto em Mundo Novo, em 2013 o clube voltou a ter bons resultados em casa, quebrando um tabu de dez jogos sem vitórias em Mundo Novo (final do Estadual 2011, todo Estadual 2012 e início do Estadual 2013). Mas os resultados fora de casa voltaram a ser o de antigamente e a equipe que chegou à vice-liderança no final do 1º turno não conquistou a classificação. O forte Grupo B teve a queda do Corumbaense e a desclassificação do Àguia Negra, campeão de 2012. Mas o URSO teve outros momentos no ano. As suas Categorias de Base disputaram, em três categorias, a Copa da Amizade no Paraná. Destaque para o 3º Lugar do Dente de Leite (Sub 09). Na Copa Conesul Entre Garotos, vice-campenato Geral e título no Mirim (Sub 13). No 2º semestre a forte Copa Pantanal trouxe um vice-campeonato no Dente de Leite como principal conquista. No campo administrativo, novos tempos. Foi eleito em julho e tomou posse em setembro Gidenal dos Santos. Em evento realizado no patrocinador máster do clube no ano, Pesque Pague Buscapé, cerca de trezentos torcedores prestigiaram a posse do novo presidente. O URSO ainda disputou o Estadual Sub 15 e foi representado brilhantemente em várias provas pedestres (10 Km, 21 Km e 42 Km) pelo atleta Márcio Ferreira Torres.

URSO anunciou Seleção dos seus 16 anos

Clube premiará escolhidos com URSO de Prata 

Giba recebeu 12 votos, 9 como
lateral-direito, 3 como volante

Gildo Polícia foi eleito o melhor  goleiro com 08 votos dos 14 possíveis

 

Marcão Goiano, dando entrevista, foi o zagueiro mais votado com 7
votos. Ele foi o capitão do time que ficou em 4º em 2005 na Série A.

Jhonatan fez boa temporada em
2011 e levou 6 votos, 5 como zagueiro

 

Bruno Paraguaio, ganhou como volante
com 04 votos. Teve mais 1 como meia.

Jandaia, 6 votos como meia e 6 como lateral.
Acabou na Seleção como lateral-esquerdo.

 

 

Bugica, 1º abaixo da esq. p/ dir. teve 7 votos, 04 como meia, e foi
destaque do primeiro time profissional do clube, em 2000.

Reco, 1º da direita p/ esquerda (shorts 11), foi um dos volantes escolhidos.
Obteve 4 votos como volante e um como zagueiro.

 

 

Tardelli, teve 07 votos
como atacante

Wesley é um dos meias. Teve 6 votos,
4 como meia e 2 como volante.

 

Waldomiro Sobrinho foi o técnico escolhido,
com 10 votos dos 14 possíveis.

Juninho Trombada foi o artilheiro da Série B 
de 2009, no acesso do URSO. Teve 10 votos como atacante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira também os ganhadores do URSO de Ouro

O URSO – União Recreativo Social Olímpico anunciou os ganhadores do URSO de Ouro e URSO de Prata, que serão homenageados em evento do clube neste ano. A menção mais honrosa (Urso de Ouro) foi concedida em cima dos serviços prestados por atletas, dirigentes e investidores que foram primordiais na história do clube nestes 16 anos (o URSO completou seus 16 anos no dia 1º de janeiro de 2013). Já o URSO de Prata será concedido aos 11 jogadores e ao técnico escolhido, depois de consulta a 14 pessoas entre ex-atletas, técnicos, preparador físico, dirigentes, jornalistas e torcedores que vivenciaram a história do clube neste período. A Seleção do URSO ficou assim: Goleiro – Gildo Polícia (03/04/05); Lateral-Direito – Giba (03/04/05/06/09/10); Zagueiros – Jhonathan (2011) e Marcão Goiano (02/04/05); Lateral-Esquerdo – Jandaia (00/01/04/05/06/09/10/11/12); Volantes – Bruno Paraguaio (03/04/05/10) e Reco (02/04/06); Meias – Bugica (2000) e Wesley (2000/01/05/06/09/10); Atacantes – Tardelli (2011) e Juninho Trombada (2009). Técnico –Valdomiro Sobrinho (01/02/03/04/05/06/09/10). Os escolhidos foram os mais votados nas suas posições, sendo que a maioria recebeu votos em outras posições. Os mais votados foram: Giba (12 votos – 9 como lateral-direito e 3 como volante) e Jandaia (12 votos – 6 como lateral e 6 como meia); Juninho Trombada (10 votos – atacante) e Valdomiro Sobrinho (10 votos – técnico); Gildo Polícia (08 votos – goleiro); Bugica (07 votos – 04 como meia e 03 como volante), Marcão Goiano (07 votos – zagueiro) e Tardelli (07 votos – atacante); Jhonathan (06 votos – 05 como zagueiro e 01 como volante) e Wesley (06 votos – 04 como meia e 02 como volante); Bruno Paraguaio (05 votos – 04 como volante e 01 como meia) e Reco (05 votos – 04 como volante e 01 como zagueiro). O esquema tático escolhido, antes do início da coleta das opiniões, foi o 4-4-2 (mais usado na história do clube). O time, em consulta anterior aberta a torcida do clube através de enquete no site do URSO, escolhido foi o do acesso da Série B de 2009.

 

Veja como foram os votos por Posição

 

Goleiro – 1º Gildo Polícia (08 votos – 2003/04/05); 2º Roger Paranhos (05 votos – 2009/12); 3º Ronildo Batalha (01 voto – 2011).

 

Lateral-Direito – 1º Giba (09 votos – 03 à 06 e 09/10); 2º Leandro Paraíba (01 voto – 09/10), Mineiro (01 voto – 06/10), Polaquinho (01 voto – 2000), Edson Pelé (01 voto – 2012) e Saulo (01 voto – 2011).

 

Zagueiros – 1º Marcão Goiano (07 votos – 02/04/05); 2º Jhonatan (05 votos – 2011) e Yuri (05 votos – 2009); 4º Jacaré (03 votos – 00 à 06 e 09/10) e Clodoaldo (03 votos – 2000); 6º Junior Camaçari (02 votos – 2011); 7º Reco (01 voto – 02/04/06), Mineiro (01 voto – 06/10) e Halisson (01 voto – 09/10). Obs. Como o zagueiro Jhonatan ainda recebeu mais um voto como volante, ele foi escolhido no desempate com Yuri.

 

Lateral-Esquerdo – 1º Jandaia (06 votos – 00/01/04/05/06 e 09 à 12); 2º Cigarrinha (03 votos – 00/01/02/04/05) e Jhonathan (03 votos – 12); 4º Roggerrs (01 voto – 2009/10/12) e Renato (01 voto – 2009).

 

Volantes – 1º Bruno Paraguaio (04 votos – 03/04/05/10) e Reco (04 votos – 02/04/06); 3º Giba (03 votos – 03 à 06 e 09/10) e Bugica (03 votos – 2000); 5º Wesley (02 votos – 00/01/04/05/06/09/10), Paulinho Tacuru (02 votos – 01 à 04), César Baiano (02 votos – 2011) e Michel (02 votos – 2006); 9º Jhonathan (01 voto – 2011), Testinha (01 voto – 00/03/04), Evandro (01 voto – 2011), Jacó Pit Bull (01 voto – 2011), Café (01 voto – 2006) e Kell (01 voto – 2011).

 

Meias – 1º Jandaia (06 votos – 00/01/04/05/06/09 à 12); 2º Wesley (04 votos – 00/01/04/05/06/09/10), Bugica (04 votos – 2000) e Victor Nunes (04 votos – 2012); 5º Testinha (02 votos – 00/03/04) e Maílson (02 votos – 2011); 7º Bruno Paraguaio (01 voto – 03/04/05 e 2010), Vaguinho (01 voto – 02/03/04), Amarildo (01 voto – 2009/12), Evandro (01 voto – 2012), Aílton (01 voto – 2009) e Pedro (01 voto – 2011). Obs1. Jandaia entrou na Seleção como lateral, já que outros dois meias alcançaram votação maior que o lateral-esquerdo 2º colocado.Obs2. Bugica e Wesley receberam outros votos como volante, desempatando o total de votos individual recebido com Victor Nunes.

 

Atacantes – 1º Juninho Trombada (10 votos – 2009); 2º Tardelli (07 votos – 2011); 3º Zé Carlos (04 votos – 01 à 06); 4º Amarildo (03 votos – 2009/12); 5º Testinha (01 voto – 2000/03/04), Davi (01 voto – 2009), Kleuber (01 voto – 2009) e Açúcar (01 voto – 2005).

 

Técnico – 1º Valdomiro Sobrinho (10 votos – 2001 à 06 e 09/10); 2º Yonai da Luz (03 votos – 2011); 3º Marcão Paraná (01 voto – 2009).

 

Obs. O critério de desempate escolhido foi: 1º total de votos individual do atleta (somando as posições); 2º Maior número de temporadas pelo clube.

 

Veja os votos de ex-atletas, técnicos, preparador físico, jornalistas, dirigentes e torcedores que escolheram a Seleção:

 

Autor da Seleção – ex-atleta Didão: Roger Paranhos, Leandro Paraíba, Halisson, Yuri e Renato; Giba, Wesley, Jandaia e Aílton; Davi e Juninho. Técnico – Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – ex-atleta e ex-dirigente Gildo Amaral: Gildo Polícia, Giba, Jhonatan, Clodoaldo e Jandaia; Bruno, Testinha, Wesley e Amarildo, Tardelli e Kleuber. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – torcedor Ademir Sanches: Gildo Polícia, Edson Pelé, Mineiro, Yuri e Jhonathan; Bugica, Michel, Pedro e Victor Nunes; Tardelli e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – dirigente Gidenal dos Santos: Gildo Polícia, Giba, Junior Camçari, Yuri e Jandaia; Jhonathan, Michel, Bugica e Victor Nunes; Tardelli e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – ex-atleta Jacaré: Roger Paranhos, Polaquinho, Jacaré, Marcão Goiano e Jandaia; Giba, Reco, Wesley e Bugica; Amarildo e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – atleta Jandaia: Gildo Polícia, Giba, Jhonatan, Marcão Goiano e Cigarrinha; Reco, Bugica, Testinha e Jandaia; Zé Carlos e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – dirigente e ex-técnico Waldomiro Sobrinho: Gildo Polícia, Giba, Clodoaldo, Marcão Goiano e Jandaia; Reco, Bruno, Testinha e Wesley; Zé Carlos e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – ex-técnico e ex-dirigente Chico City: Gildo Polícia, Giba, Jhonatan, Clodoaldo e Jandaia; Kell, Cesar baiano, Bugica e Victor Nunes; Tardelli e Juninho Trombada. Técnico: Ionay da Luz.

 

 Autor – torcedor Ozias Delain: Roger Paranhos, Giba, Marcão Goiano, Junior Camaçari e Jhonatan; Bruno Paraguaio, Café, Evandro e Jandaia; Tardelli e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – ex-preparador físico Hélio Santos: Roger Paranhos, Giba, Marcão Goiano, Yuri e Roggers; Evandro, Wesley, Vaguinho e Mailson; Amarildo e Zé Carlos. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – radialista Vanderlei Gomes: Ronildo Batalha, Saulo, Jhonatan, Marcão Goiano e Jhonatan; César Baiano, Jacó Pitt Bull, Mailson e Jandaia; Tardelli e Juninho Trombada. Técnico: Ionay da Luz.

 

Autor – torcedor Valmir Giessler: Roger Paranhos, Giba, Jhonatan, Yuri e Cigarrinha; Bruno Paraguaio, Bugica, Victor Nunes e Jandaia; Amarildo e Juninho Trombada. Técnico: Waldomiro Sobrinho.

 

Autor – torcedor Silvio Darlei: Gildo Polícia, Mineiro, Jacaré, Reco e Jandaia; Paulinho Tacuru, Giba, Bruno Paraguaio e Bugica; Testinha e Tardelli. Técnico: Ionay da Luz.

 

Autor – ex-atleta Marmita: Gildo Polícia, Giba, Jacaré, Marcão Goiano e Cigarrinha; Paulinho Tacuru, reco, Jandaia e Wesley; Acúcar e Zé Carlos. Técnico: Marcão Paraná.

 

Obs. Três torcedores escolhidos não votaram, o que totalizaria 17 votos. Antônio Cavalcante e Antônio Soares de Lima (Falcão) alegaram não lembrar os nomes dos atletas e não entregaram as fichas. Vanderlei Bispo não foi contactado e acabou não participando com sua Seleção.

 

Confira também os ganhadores do URSO de Ouro

 

O clube também anunciou os ganhadores do URSO de Ouro, a menção mais honrosa concedida pelo clube: Atletas– Jacaré (zagueiro de 9 temporadas = 00 à 06 e 09/10); Didão (atacante de 09 temp. = 00 à 06 e 09/10); Marmita (lateral de 08 temp. = 00 à 06 e 09); Wesley (meia de 07 temp. = 00/01/04/05/06/09/10); Giba (lateral/volante de 06 temp. = 03 à 06 e 09/10) e Zé Carlos (atacante de 06 temp. = 01 à 06); Cigarrinha (lateral/volante de 05 temp. = 00/01/02/04/05); Bruno Paraguaio (volante/zagueiro de 04 temp. = (03/04/05/10) e Paulinho Tacuru (volante de 04 temp. = 01 à 04); Marcão Goiano (02/04/05), Testinha (atacante/meia de 03 temp. = 00/03/04) e Reco (volante/zagueiro de 03 temp. = 02/04/06). Dirigentes –Gildo Polícia ganhou como Atleta (goleiro de 03 temp. = 03/04/05) e dirigente (vice-presidente de 00 à 09 e diretor de Futebol de 09 à 2011). Valdomiro Sobrinho ganhou como técnico (01 à 06 e 09/10) e dirigente (presidente 00 à 09). Professor Hélio Santos ganhou pela prestação de serviços ao clube no período de 2001 à 2012 (como preparador físico do profissional e técnico das categorias de Base). Gil – ganhou como dirigente idealizador e um dos fundadores do clube em 1997. Investidores – Dorcelina Folador (In memoriam), prefeita de Mundo Novo que contribuiu com o clube no período 1997/1999; Kléber Côrrea (In Memoriam), prefeito de Mundo Novo que investiu na profissionalização do clube em 2000; Gelson Moreira (In memoriam), prefeito de Iguatemi que investiu no clube em 2001/02; Humberto Amaducci, prefeito de Mundo Novo que investiu no clube no período 03/08; Antônio Cavalcante, prefeito de Mundo Novo que investiu no período 2009/12. A escolha dos ganhadores do URSO de Ouro partiu da diretoria do clube baseada na histórica relação de serviços prestados dos mesmos com o URSO.